domingo, 15 de janeiro de 2017

sábado, 14 de janeiro de 2017

Alimente-se com gratidão

A mente humana tem um departamento destinado ao esquecimento. Não. Não é brincqdeira. Vamos aos fatos.

Lembramos de ações ruins que nos fizeram ou que nos aconteceu,  mas esquecemos gentilezas recentes que recebemos.

Ora,  que esposa não gostaria de ouvir um 'muito obrigado, amor' por ter ela trazido o chinelo e a toalha e posto na porta do banheiro para o marido?

Ou a mãe,  quanto tempo  espera pelo mesmo 'muito obrigado ' por tudo o que vem fazendo ao longo das jornadas diárias de afazeres domésticos em benefício de toda a família?

E o patrão, que, se valendo do salário que paga ao empregado, exige dele que execute que tarefa particular que foge às funções para o qual contratou o empregado e, quando o empregado faz,  não recebe sequer
um 'muito obrigado '?

Vamos ao médico e, se, este nos atender mal alardeamos aos quatro ventos o mal trato que sofremos, mas não agradecemos quando somos bem tratados.

Gratidão é  virtude que a psiquê humana não produz naturalmente. Por isso que ela deve ser aprendida e desenvolvida.

Bem, acho que foi por isso mesmo, pelo fato de a gratidão não ser algo que a psiquê humana produza que Abraão depois de ter voltado de uma grande guerra que não foi começada por ele, mas que não teria ele a mínima condição de ganhar se Deus não tivesse intervido em favor de dele,  Deus enviou seu Rei-Sacerdote Melquizedeque ao encontro de Abraão trazendo comida  de festa para festejar a vitória,  mas como um lembrete de que Abraão deveria demonstrar gratidão pelo favor de Deus. Abraão entendeu e dedicou a Deus em gratidão uma oferta especial dos ganhos da guerra.

Ufa! Que período enorme esse. Perdoe o cronista amigo leitor. Prometo melhorar.

A gratidão humaniza o ser humano. Acho que essa é uma lição de Gênesis capitulo 14.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Não chute o balde porque perdeu a tampa

Se perder a tampa do balde não  chute o balde também. Isso é desespero. E desespero não é bom conselheiro.

Abraão depois de um Movimento Retilíneo Descendente Disforme refez a vida com um Movimento Retilíneo Ascendente Uniforme e não precisou chutar o balde porque perdeu a tampa.

O caro leitor deve estar dizendo que essa crônica está muito enigmática e, que, já está para perder a paciência. Mas tenha calma! Eu me explico.

Depois de voltar do Egito para onde foi fugindo de um grave seca,  e lá ter se metido em sérios apuros com risco de morte,  inclusive; e penso que foi assim por  Abraão não ter buscado a direção de Deus,  mas não quero ser injusto com Abraão,  por isso faço minha crítica com moderação.

O que citei no parágrafo imediatamente acima está registrado em capítulo treze do primeiro livro da Bíblia.

O leitor se quiser que confira lá.  Se eu postar aqui você vai achar que escrevo demais e nao vai ler meu texto e, ninguém escreve para não ser lido.

Abraão  e Ló voltam do Egito mais ricos do que quando partiram. A convivência entre eles ficou nervosa,  faltava espaço para os dois morarem juntos com toda a riqueza que tinham que era medida em animais.

Os desentendimentos se avolumaram , no auge da questão Abraão propõe a seu sobrinho uma solução pacífica contando que Deus daria a cada um uma boa sorte.

Abraão achou uma tampa para seu balde.

Meu amor na Mesa

A foto postada aqui é da Mesa do Senhor. A Ceia. Ela representa o amor de Cristo ao dar sua vida pela humanidade e deve inculcar em nós o mesmo sentimento : amar sacrificialmente os outros.
Ontem estive na Estação Fortaleza, uma célula do Caminho da Graça. Fomos bem recebidos, eu e meu filho Miguel Flor. Recebemos uma boa mensagem e, embora a reunião tenha se demorado umas três horas, parece que foi menos.
Sentamos lado a lado, eu e o Miguel. Ele deitou a cabeça no meu ombro e ficou ali participando do culto.
Peguei a orelha dele e fiquei amassando, é nosso gesto de carinho particular .
Teeminou tudo,  entramos no carro e fomos embora. Quando chegamos a casa,  minha mulher que não foi, perguntou como tinha sido tudo. O Miguel respondeu : foi bom demais. Tomei a ceia e meu pai ficou o tempo todo pegando na minha orelha, e falou isso fazendo gestos largos de satisfação.
O amor nasce de pequenos gestos. O gesto carinhoso das pessoas da Estação Fortaleza em nos receber e de um amasso na orelha e do gesto sacrificial de Cristo em morrer para nos dar vida.
Isso é a Mesa do Senhor.

domingo, 8 de janeiro de 2017

Movimento Retilíneo Descendente Desforme e Movimento Retilíneo Ascendente Uniforme de Abraão

Para escrever bem é preciso o mínimo de conhecimento de matemática,  geografia,  história e uma dose generosa de observação.
Tudo isso se encontra no escritor bíblico. Ele descreve em linguagem matemática a trajetória descendente e ascendente de Abraão,  o pai da fé.
Abraão desceu ao Egito fugindo da grave seca que assolava o lugar escolhido por ele para morar. O senso de preservação o guiava.
Abraão não exitou descer tão baixo para preservar sua vida. Tanto desceu que pos sua vida e dos seus em risco de morte.
O registro é feito pelo escritor bíblico no capítulo doze e versos dez ao vinte do primeiro livro bíblico.
Aqui, com meu básico conhecimento de matemática,  faço uma pausa para nomear o movimento feito por Abraão, o pai da fé : Movimento Retilíneo Descendente Desforme. Em palavras menos pomposa: um zigue zague.
É a ação anterior a descida de Abraão ao Egito que o põe numa escala descendente. Vejam nas palavras do escritor bíblico : "E moveu-se dali para a montanha do lado oriental de Betel, e armou a sua tenda,  tendo Betel ao Ocidente, e Ai ao Oriente, edificou ali um altar, e invocou o nome do Senhor".
O Movimento Ascendente Retilíneo Uniforme ocorreu quando Abraão rico, mas corado fe vergonha pelo que fez no Egito sobe para onde havia partido.
O movimento ascendente de Abraão é descrito pelo escritor. Registro, pois se o não fizer, a crônica perde o sentido e isso é tudo que nem você nem eu queremos. Não é?
"Era Abraão muito rico em gado, em prata e em ouro. E fez suas jornadas do sul de Betel, até ao lugar onde a princípio estivera sua tenda, entre Betel e Ai; até ao lugar do altar que outrora ali tinha feito; e Abraão invocou ali o nome do Senhor. "
Ao lugar do ajuste da vida. É o que digo que fez Abraão. Depois da queda cabe reeeguer-se.